Últimas Notícias

Saiba identificar um funcionário improdutivo e como ajudá-lo a melhorar

Com a alta competitividade do mercado atual, a produtividade é uma das maiores preocupações para empresas de todos os tamanhos nos mais diversos segmentos. Mas como identificar um funcionário improdutivo e o que fazer para ajudá-lo a apresentar um melhor rendimento?

Primeiro é preciso entender que é possível aumentar a produtividade dos seus colaboradores, das mais diversas formas. Para isso, é necessário identificar os problemas e utilizar técnicas de motivação que vão promover o desenvolvimento profissional e mais engajamento no trabalho, aumentando o lucro da companhia.

Neste artigo detalharemos as principais características de um funcionário improdutivo e também o que fazer para motivá-lo e ajudá-lo a ter um bom desempenho. Veja a seguir um resumo do conteúdo que você vai encontrar aqui:

Principais características do funcionário improdutivo:

  • Desmotivação;
  • Excesso de horas extras;
  • Excesso de reclamações;
  • Falta de desenvolvimento pessoal;
  • Foco na repercussão, não nos objetivos;
  • Medo de errar;
  • Muitas desculpas e pouco resultado;
  • Procrastinação;
  • Transferência de responsabilidades;
  • Tudo passa pelo chefe;

O que fazer para motivá-lo:

  • Cuidar de sua equipe;
  • Dar autonomia;
  • Dar confiança;
  • Oferecer capacitação;
  • Oferecer oportunidades;
  • Pedir e ouvir ideias;
  • Preocupar-se com o desenvolvimento profissional;
  • Promover a colaboração.

Para saber como fazer tudo isso, fique com a gente até o final e boa leitura!

Dicas para identificar um funcionário improdutivo

Os colaboradores que não desempenham as suas atividades adequadamente e não apresentam os resultados esperados muitas vezes apresentam características semelhantes. Veja as principais.

Desmotivação

A desmotivação é uma soma de atitudes negativas que afetam o rendimento do colaborador. Um funcionário não vai ser produtivo se ele não se importar com a empresa e com os resultados que sua produtividade podem trazer. Afinal de contas, ser produtivo dá trabalho.

Muitas vezes, a desmotivação também pode ser causada simplesmente porque o colaborador não se encaixa adequadamente na vaga para que foi contratado.

Excesso de horas extras

É difícil identificar quando as horas extras são indício de falta de produtividade de um colaborador. Uma ideia é analisar quanto tempo seria necessário para realizar determinada tarefa, somar 30% ao tempo total e ver se o profissional está dentro desta margem de tolerância.

Caso contrário, as horas extras em excesso podem significar que o colaborador está sendo pouco produtivo.

Excesso de reclamações

Não importa porque alguém está reclamando ou com quem, reclamações normalmente significam que a pessoa não quer ter o trabalho de resolver o problema

É sempre uma perda de tempo, e é muito mais fácil reclamar do que ser produtivo. As pessoas produtivas simplesmente fazem seu trabalho.

Falta de desenvolvimento pessoal

Isso normalmente acontece quando um colaborador se acomoda em seu emprego. Pode ser que ele esteja fazendo o que é pedido sem arrumar desculpas e até resolva os problemas sozinho e faça seu trabalho adequadamente.

Porém, se o colaborador não se empenha para desenvolver-se profissionalmente e crescer na carreira, o trabalho pode se tornar rotina. Ser produtivo também é aprender novas habilidades e estar em constante evolução.

Foco na repercussão, não nos objetivos

Este é um sinal claro de que o colaborador não se preocupa com o seu trabalho, apenas com o crédito que possa receber. Assim, ele só mostra produtividade nas atividades que podem repercutir positivamente com os superiores, sem se preocupar com os objetivos da empresa.

Medo de errar

Um colaborador improdutivo normalmente tem bastante medo de errar, encontrando sempre desculpas para não realizar determinada tarefa. Porém, esta atitude pode estar relacionada apenas à falta de confiança e um certo perfeccionismo, sendo papel do líder saber guiá-lo pelo melhor caminho.

Muitas desculpas e pouco resultado

Se não é falta de confiança e medo de errar, o excesso de desculpas e barreiras para não realizar determinada tarefa é um sinal claro de improdutividade. As pessoas produtivas não empacam no primeiro problema que aparece, elas encontram uma maneira de fazer.

Procrastinação

Esta característica caminha lado a lado com as desculpas e a desmotivação. Na maioria das vezes, o colaborador deixa algo para depois por necessidade, mas às vezes você pode notar que a pessoa está agindo como se as tarefas não fossem importantes e pudessem esperar.

Se isso começar a se repetir, pode se tornar um fator determinante de improdutividade, por isso é bom ficar sempre atento nesse detalhe para identificar um funcionário improdutivo.

Transferência de responsabilidades

Delegar tarefas é importante, mas é comum que colaboradores improdutivos tenham o hábito de transferir suas responsabilidades para seus colegas de trabalho. 

Se os projetos estão sendo entregues no prazo, normalmente ninguém pergunta quem fez o quê, e esse comportamento pode passar despercebido.

Tudo passa pelo chefe

Muitos colabores improdutivos têm o costume de consultar seu superior mais que o necessário. Isso pode acontecer porque o funcionário espera que o chefe faça o trabalho por ele ou entregue para outra pessoa, normalmente por conta das desculpas que o colaborador arrumou.

Outra possibilidade é de novo a falta de confiança, quando o colaborador não se sente capaz de realizar as atividades sozinho. De qualquer maneira, esta atitude causa improdutividade e deve ser combatida.

Como motivar os colaboradores a ter mais produtividade

Motivar os colaboradores é uma das coisas que parecem fáceis na teoria, mas podem ser muito desafiadoras na prática. Uma empresa tem diferentes profissionais, de diferentes áreas e com objetivos diferentes, e todos têm dias bons e dias ruins. 

Felizmente existem algumas técnicas que podem ser usadas para ajudar neste sentido em diferentes situações. Veja algumas dicas práticas para ajudar a motivar seus colaboradores e melhorar seus resultados.

Cuidar da equipe

Vamos começar pelo básico. Ofereça sempre salários e benefícios corporativos compatíveis com o mercado, promova um ambiente de trabalho agradável e uma cultura organizacional sem comportamentos tóxicos, que estimule os colaboradores a render seu máximo.

Ofereça um plano de carreira claro, com diversos níveis para cada posição e metas específicas a serem alcançadas para progredir. Assim seus colaboradores vão se sentir sempre motivados a atingir sua maior produtividade e obter os melhores resultados para a empresa.

Dar autonomia

Deixar seus colaboradores à vontade para fazer seu trabalho tem um impacto gigantesco na sua produtividade. Uma das coisas que mais tiram a motivação é o medo de errar, e quando o chefe fica em cima do profissional acaba tirando ainda mais sua confiança e piorando o problema.

Conseguir aliar responsabilidade e liberdade é uma das principais características do gestor que sabe motivar sua equipe para aumentar a produtividade.

Dar confiança

Após identificar quais os problemas que levam o colaborador à improdutividade, é fundamental chamá-lo para uma conversa e oferecer caminhos para que ele apresente melhores resultados no trabalho. É preciso demonstrar confiança e dar orientações claras para que o colaborador se sinta valorizado e possa render seu melhor.

Oferecer capacitação

Com o desenvolvimento profissional, o colaborador pode passar a ter uma rotina mais produtiva de trabalho. Além do estudo acadêmico, muitas vezes um simples curso de produtividade pode mostrar caminhos para realizar as tarefas de maneira mas eficaz.

Oferecer oportunidades

Antes de demitir o colaborador, é sempre aconselhável oferecer oportunidades para que ele adeque seu comportamento. É muito mais barato e simples para a empresa corrigir a rota de um colaborador improdutivo do que demiti-lo.

Pense nos custos atrelados ao processo de demissão, recrutamento e seleção de outro funcionário, além dos problemas causados pelo acúmulo de funções enquanto a vaga não é preenchida.

Porém, se o colaborador continuar improdutivo, não deve ser mantido na empresa, para não prejudicar a produtividade de seus colegas de trabalho.

>> Aproveitando a reflexão, saiba também qual é o real custo de perder talentos.

Pedir e ouvir ideias

Ao se sentirem valorizados, seus colaboradores vão estar motivados e engajados em busca dos melhores resultados para a empresa. Para isso, é sempre bom ouvir o que sua equipe tem a dizer, pedindo ideias e principalmente ouvindo estas ideias e tentando aplicá-las quando pertinentes.

Esta é uma ótima maneira de mostrar o valor dos colaboradores e seu trabalho para a empresa, deixando claro que eles ajudam diretamente no crescimento da empresa. Uma das melhores maneiras de manter seus talentos é uma comunicação eficiente com a liderança.

Preocupar-se com o desenvolvimento profissional

Os colaboradores estarão mais motivados se sentirem que estão evoluindo em suas carreiras. Ter um objetivo profissional é muito importante para a produtividade, e às vezes é papel do gestor garantir que todos os colaboradores da empresa tenham esta visão.

Além de conversar com sua equipe a respeito disso, também é importante agir e promover os colaboradores aos níveis compatíveis com seu desempenho e tempo de empresa. Assim, todos vão se sentir motivados a dar seu melhor para alcançar o topo do plano de carreira.

Promover a colaboração

A colaboração entre os funcionários é fundamental para uma maior produtividade. Muitas vezes, apenas mudar o layout do escritório para um conceito aberto, onde todos podem conversar e trocar ideias mais facilmente, já faz uma enorme diferença.

Além disso, com a colaboração mútua entre todos, os problemas são mais facilmente resolvidos sem interferência da liderança, que tem mais tranquilidade para tratar das questões estratégicas.

No final, é tudo uma questão de respeito

O respeito é o maior fator de motivação em uma empresa, no final tudo se resume a isso. Quanto mais pessoal, respeitosa e acolhedora for a relação entre a empresa, através da liderança, e os colaboradores, mais envolvidos e engajados eles estarão.

Estes são alguns caminhos para identificar profissionais improdutivos e tomar atitudes para que comportamentos inadequados sejam corrigidos antes de uma eventual demissão, que é mais trabalhosa e custosa para a empresa, além da perda momentânea de produtividade.

Gostou dessas dicas de como identificar um funcionário improdutivo e das melhores técnicas para motivá-los? 

Então, compartilhe esse artigo nas suas redes sociais e fique atento para mais dicas como estas!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CURSO DE ESCRITA FISCAL E SUAS ROTINAS