Últimas Notícias

9 benefícios para oferecer mais qualidade de vida aos seus funcionários

Viver para trabalhar ou trabalhar para viver? A resposta dessa máxima vem mudando com a chegada das novas gerações no mercado de trabalho, gerações essas que tem feito as empresas pensarem em benefícios que proporcionem mais qualidade de vida aos funcionários. 

As gerações anteriores (como baby boomers e X) buscavam a conquista da estabilidade profissional, por isso podemos dizer que para eles, a resposta provavelmente seria “viver para trabalhar”. 

Já para a força de trabalho moderna (os millennials ou Y), que busca desafios motivadores e a valorização profissional, a possível resposta seria “trabalhar pra viver”.

Em outras palavras, diante desse novo perfil de profissionais, as empresas precisarão ajustar algumas medidas, principalmente aquelas atreladas a escolha de benefícios organizacionais, para manter sua equipe de trabalho motivada. 

Justamente para facilitar esse processo, vamos explorar neste post:

  • quem são os millennials;
  • a importância de investir em qualidade de vida no trabalho;
  • como oferecer mais qualidade de vida aos seus funcionários.

Para esclarecer essas adaptações exigidas pelos millennials, continue acompanhando este post. Separamos 9 benefícios para oferecer mais qualidade de vida aos seus funcionários. Confira!

Quem são os millennials?

Antes de explorarmos como melhorar a oferta de qualidade de vida aos seus funcionários, vamos entender como são os profissionais dessa nova geração que domina o mercado de trabalho atual, os millennials.

As pessoas da geração millennials ou Y, grosso modo, nascidos entre 1982 e 1995, cresceram em um período da história com grandes transformações socioculturais. Isso porque essa foi a época das primeiras inserções do contexto digital no mundo.  

Em outras palavras, eles são jovens que carregam tanto as heranças expressivas de um contexto da indústria e da informática quanto às desconhecidas possibilidades de um novo universo tecnológico.

Algumas de suas características mais comuns são: 

  • permanência na casa dos pais mesmo durante a fase adulta; 
  • priorização da carreira à constituição de uma família;
  • titulação acadêmica alta;
  • preferência por reconhecimento e valorização profissional à estabilidade;
  • desejo por qualidade de vida (pessoal e profissional);
  • mudança de trabalho constante;
  • alta consideração por valores individuais;
  • conscientização sociopolítica.

Trazendo-os para o cenário profissional, o desafio é pioneiro. Além de precisarem acompanhar a evolução imposta por adventos digitais, sem precedentes, eles ainda lidam com os anseios da evolução de uma nova geração, a Z ou os nativos digitais, que logo estarão disputando também o mesmo mercado de trabalho. 

Se você quiser entender melhor as diferenças entre as gerações e como as empresas devem agir diante delas no mercado, recomendamos a leitura deste outro material.

Como o perfil dos millennials é inédito, as empresas precisam ficar atentar para criar condições adequadas, que os permitam desenvolver todo seu potencial. Por isso, algumas adaptações e investimentos serão necessários para otimizar a satisfação desses colaboradores.

Qual a importância de investir em qualidade de vida no trabalho?

O sucesso de qualquer negócio está ligado, diretamente, a virtude do seu capital humano. Afinal de contas, é a força de trabalho que protagoniza todo processo de produção de uma organização.

Virtude aqui é técnica, mas também afetiva. O desenvolvimento saudável de um negócio depende não só de profissionais capacitados e rentáveis, mas também dos leais, motivados, comprometidos, produtivos, dentre outros.

Como vimos anteriormente, a geração Y possui algumas particularidades que merecem a atenção do mercado. A compatibilidade de valores pessoais aos organizacionais, por exemplo, nunca foi tão requisitada para reter um talento. 

Em outras palavras, as exigências dessa geração precisam ser ouvidas pelas empresas para assegurar a conquista dessa virtude especial. 

As organizações que colocam os interesses do seu pessoal como prioridade estratégica são capazes de oferecer qualidade de vida aos seus funcionários e estimular um conjunto de benefícios ao negócio.

Alguma das vantagens de investir em qualidade de vida no trabalho são:

  • afinidade de perfil/personalidade;
  • compatibilidade de expectativas;
  • melhora no clima organizacional;
  • melhora na satisfação individual com o trabalho;
  • otimização do trabalho em equipe;
  • lealdade profissional;
  • melhora no rendimento geral da empresa;
  • otimização do relacionamento interpessoal. 

Para isso, há muitas iniciativas que as empresas podem fazer para oferecer qualidade de vida aos seus funcionários. A seguir vamos explorar 9 delas!

Como oferecer mais qualidade de vida aos seus funcionários?

Entendido quem são os millennials e qual a importância de investir em melhorias no ambiente laboral, vamos ver agora 9 benefícios que as empresas podem adotar para estender qualidade de vida aos seus funcionários.

1. Salário emocional

A primeira iniciativa que vamos abordar neste post é o salário emocional. De forma resumida, esse salário se trata de todo benefício oferecido aos colaboradores que não tenha ligação direta com valores financeiros, mas sim com valores pessoais. 

Alguns exemplos são: 

  • ambiente de trabalho saudável;
  • clima organizacional harmonioso;
  • comunicação interna inteligente;
  • bem-estar mental; 
  • flexibilidade; 
  • incentivo ao intervalo;
  • administração do tempo;
  • estímulos culturais e educacionais.

Os millennials costumam dar preferência ao reconhecimento e a valorização, por isso o salário emocional é forte motivador.

2. Fit Cultural

Outra das 9 iniciativas para oferecer mais qualidade de vida aos seus funcionários é criar um teste Fit Cultural.

Esse teste avalia o alinhamento que um colaborador tem ao negócio além de seus soft skills, tais como personalidade, valores pessoais, objetivos, dentre outros. 

Esse conjunto de características é analisado e comparado ao perfil ideal da vaga, considerando missão, visão e valores da cultura organizacional da empresa.

Ou seja, o teste Fit Cultural é uma forma da empresa assegurar que o colaborador é compatível e com isso, zelar pela sua qualidade de vida durante toda jornada no negócio.

3. Pagamento sob demanda

Uma forma de oferecer qualidade de vida aos seus funcionário é facilitando a gestão de suas vidas financeiras, adotando um sistema de pagamento sob demanda

É senso comum que fatores incertos podem surgir e comprometer a capacidade do indivíduo de honrar compromissos financeiros, por isso ter a disposição o valor do salário conforme for a demanda real da sua vida é um grande diferencial.

Ou seja, além de facilitar a administração dos gastos e despesas da sua força de trabalho, evitando inclusive a aquisição de empréstimos, essa iniciativa é uma vantagem competitiva a organização.

4. Trabalho remoto

Diante do atual contexto de pandemia, permitir a atuação remota, mesmo depois que a situação for normalizada, é uma iniciativa que otimiza a oferta de qualidade de vida aos seus funcionários.

Além dessa política de trabalho ter se tornado uma preferência para parte significativa dos trabalhadores, o home office ainda estimula a produtividade do profissional, melhorando os resultados do negócio.

Ademais, ao ter um pedido aceito, principalmente se estiver atrelado a necessidades pessoais, o colaborador se sente valorizado e a tendência a retribuição é significativa. 

5. Reconsideração do tempo livre

Como uma das características da geração Y é a valorização da vida pessoal, oferecer mais tempo livre a equipe é uma forma de preservar a sua qualidade de vida.

Além de prevenir o esgotamento, criar essa folgas é uma forma de estimular a simpatia do colaborador a empresa. 

Seja por meio do prolongamento de um feriado, criar uma política de day off, flexibilizar a gestão do tempo da jornada semanal de trabalho, oferecer atividades “extracurriculares” para melhorar o aproveitamento do tempo livre; as possibilidades são infinitas.

6. Liderança por exemplo

Qualidade de vida no trabalho também tem a ver com relacionamento, principalmente com os superiores. Por isso, é fundamental que os gestores e lideranças da empresa entendam a importância do seu papel internamente.

Se a empresa visa oferecer benefícios que otimizem o bem-estar da sua força de trabalho, é necessário que os comandantes deem os primeiros exemplos. Seja saindo do escritório pontualmente, fazendo intervalos adequadamente, evitando enviar e-mails fora do horário de expediente, e assim por diante.

O exemplo transparente passa uma imagem de igualdade, horizontalidade, acessibilidade, tornando-a rotina do colaborador mais leve.

7. Cultura do Feedback

Outra das 9 iniciativas para oferecer mais qualidade de vida aos seus funcionários é estruturar uma cultura de Feedback.

Seja qual for o perfil do negócio, ouvir a opinião de seus colaboradores e permitir que eles conheçam a sua sobre o próprio trabalho é fundamental.

Não apenas para otimizar o rendimento de produção como também para investir com mais precisão em mudanças e estratégias.

8. Planos de cuidados

Qualidade de vida também tem a ver com a saúde, por isso as empresas que oferecem condições de zelar por esse bem são mais bem quistas pelo mercado profissional.

As organizações podem agir por meio da oferta de benefícios como plano de saúde, plano odontológico, gympass, aulas de yoga e meditação, atendimento psicológico, campanhas de vacinação, campanhas de autocuidado, e assim por diante.

Além de demonstrar que se importam com o bem-estar da equipe e de suas famílias, esse investimento é uma forma de potencializar o seu valor no mercado. 

Isso porque talentos podem estar buscando uma empresa com esse perfil, o que torna essa iniciativa uma estratégia de captação e retenção de profissionais diferenciados.

9. Experiências personalizadas

Por fim, o último dos 9 benefícios que vamos explorar neste post para ajudar a sua empresa a estender mais qualidade de vida aos seus funcionários é a personalização das experiências.

Ao identificar, por meio de feedbacks, as reais demandas, preferências, desejos, dentre outros, dos colaboradores, a empresa ganha mais propriedade para tomar qualquer decisão que influencie o seu bem-estar.

Ou seja, conhecer a fundo a sua própria equipe profissional é essencial para promover os benefícios certos!

Oferecer qualidade de vida aos seus funcionários, prezando pelo equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, é fundamental não só para otimizar a relação de trabalho com a geração millennials, mas também para reforçar o valor da sua empresa no mercado.

Portanto, tudo se resume a compreensão de que a sua empresa é composta por pessoas com exigências importantes e que são o principal instrumento de valor do negócio. 

Para preservar a sua satisfação em relação a empresa e otimizar os resultados gerais, adotar algumas das 9 iniciativas abordadas neste post pode ser decisivo.

Entendeu a importância de investir em qualidade de vida no trabalho? Se você ainda tiver alguma dúvida, deixe-a aqui nos comentário do post. Um de nossos especialistas pode te ajudar!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CURSO DE ESCRITA FISCAL E SUAS ROTINAS